top of page

Lema 2023-2024: "Aspiras do grande? Começa pelo pequeno"


Chega o mês de setembro e começa o novo ano letivo em vários países da nossa rede educacional. Com isso iniciamos um novo desafio nas mãos de Santo Agostinho: “Aspiras do grande? Começa pelo pequeno”.

O porquê do nosso lema

Nas palavras do Prior Geral, o ano de 2024 será uma oportunidade para a Ordem aprofundar e valorizar as pequenas coisas, as coisas do dia a dia que nos afetam diretamente. Temos a sensação de que os consideramos garantidos e pensamos que não seria mau voltar a eles. O Papa Francisco diz que devemos mudar o mundo com as pequenas coisas de cada dia, com a generosidade, com a partilha, com a escuta dos outros e com a criação de atitudes de fraternidade, porque a salvação não vem dos poderes ou de “algo majestoso”. pequeno", da simplicidade das coisas de Deus. Quando Jesus propõe o caminho para a salvação, nunca fala de coisas grandes, mas de coisas pequenas. Por isso, o lema para o ano de 2024 é retirado de uma frase de Santo Agostinho, especificamente do Sermão 69: “Você aspira a grandes coisas? Comece pelo menor” (Sermo 69, 1, 2)


Que valor será enfatizado este ano?

Neste período 2023-2024 trabalharemos o valor da INTERIORIDADE, da qual nos diz Santo Agostinho: «Não queira dispersar-se para fora, entre em si mesmo, porque a verdade habita no homem interior; e se você achar que sua natureza é mutável, transcenda a si mesmo. Neste percurso de pequenas coisas temos a possibilidade de recordar (“passar de novo pelo coração”) e atualizar a riqueza do carisma agostiniano nos centros educativos a partir dos valores apresentados no PEI. Um grande desafio e uma grande oportunidade.


Como posso aplicá-lo em meu centro educacional?

A equipe da rede EDUCAR desenvolveu uma série de recursos para este ano, que você encontra no seguinte link: https://www.educarnet.org/curso-2023-2024 ou na aba RECURSOS da nossa página Web.


Que música terá o nosso lema?

“O valor do pequeno” é a música que nos acompanhará durante o curso. Foi composta por Gaby Ríos, da Escola Fray Luis de León de Querétaro (México), e apresentamos aqui:


Se você tiver alguma dúvida ou proposta, pode entrar em contato com a coordenação internacional da rede EDUCAR em: edu@oar.it

63 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page